Boa noite! Hoje é quarta-feira, 12/08/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


CAMPANHA SALARIAL 2012
Metalúrgicos da CUT marcham pela dignidade no trabalho
Mais de mil metalúrgicos vindos de todas as regiões do RS participaram do ato público
10/05/2012


Metalúrgicos de todo o Rio Grande do Sul filiados à CUT realizaram uma marcha nesta quinta-feira, dia 10 de maio, para reivindicar dignidade no trabalho – tema da Campanha Salarial de 2012 que destaca a importância da saúde do trabalhador. Os metalúrgicos saíram em caminhada da Praça Pinheiro Machado (na esquina da Av. Farrapos com Av.Maranhão), as 10h em Porto Alegre. E seguiram para a Praça da Matriz, onde os trabalhadores ficaram reunidos até às 14h, para participar do grande expediente da Assembleia Legislativa (AL).

O objetivo é dar apoio ao Projeto de Lei de revitalização dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador, do deputado estadual Nelsinho Metalúrgico (PT). Na pauta de reivindicações que foi entregue ao presidente da (AL), os metalúrgicos deram destaque ao ambiente de trabalho inseguro, mutilador e causador de doenças e mortes. “Além dos imensuráveis prejuízos humanos, o descaso com a saúde e a segurança nos ambientes de trabalho privado causam enormes prejuízos de recursos públicos”, alega o presidente da Federação dos Metalúrgicos do Rio Grande do Sul (FTMRS), Flávio Fontana de Souza. De acordo com o último levantamento feito pela Previdência Social, são gastos anualmente em torno de R$ 10,7 bilhões com acidentes e doenças do trabalho.

Somente em 2009 houve registro de 43 casos diários de morte ou invalidez permanente decorrentes de acidentes no trabalho. Tais dados não incluem trabalhadores informais, funcionários públicos e os casos freqüentes de notificações. No Brasil, a quantidade de acidentes de trabalho é superior à média mundial: a possibilidade de um brasileiro morrer trabalhando é de duas a cinco vezes maior do que a de um francês ou canadense.

Após a atividade na AL, os trabalhadores seguiram para o Palácio Piratini, onde entregaram também ao vice-governador, Beto Grill, a dramática questão dos adoecimentos e acidentes no trabalho sofridos pela categoria.

Nós iniciamos uma campanha salarial unidos, os 28 Sindicatos filiados a Federação dos Trabalhadores Metalúrgicos do rio Grande do Sul se fizeram presente nessa marcha, há muitos anos que os Metalúrgicos não iniciavam uma campanha salarial tão unida como esta, ressalta o presidente do nosso Sindicato, Mauri Schorn.


Por: Assessoria de Comunicação Social

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente