Bom dia! Hoje é quinta-feira, 22/10/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


Pauta de reivindicações: CUT promove mobilizações em Brasília
02/07/2007

As lideranças da CUT Nacional estarão em Brasília, a partir de amanhã (3 de julho), em mobilizações para defesa da pauta de reivindicações definida para este primeiro semestre e alvo dos mais recentes Dias Nacionais de Lutas. As intervenções vão se dar no Fórum Nacional da Previdência, amanhã, e, na quarta-feira (4 de julho), na Ocupação Pacífica do Congresso Nacional e em uma panfletagem na Rodoviária de Brasília, no final da tarde. Ao longo desses dois dias - e com encerramento previsto para quinta - estaremos realizando a reunião da Executiva Nacional, também em Brasília.

Na terça, a CUT e a bancada dos trabalhadores apresentam, durante a 8a reunião do Fórum Nacional da Previdência, um estudo que comprova não apenas que o Orçamento da Seguridade Social é superavitário, mas também que o uso da DRU (Desvinculação das Receitas da União) tem desviado recursos constitucionalmente destinados apenas à Seguridade Social. Os dados que serão apresentados demonstram que, portanto, a União também é devedora do sistema.

Os dados foram elaborados pela professora Denise Lobato Gentil, da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Denise estará presente.

À tarde, após a divulgação dos números, o presidente nacional da CUT Artur Henrique e a professora Denise falarão à imprensa.

O objetivo da CUT é convencer os demais participantes do Fórum - governo e empresariado - de que a Previdência Social deve ser analisada como integrante de um sistema amplo chamado Seguridade Social (como definido pelo artigo 195 da Constituição), e que seu orçamento é superavitário. Portanto, as propostas de retirada de direitos, ainda que futuros, não se sustentam. A CUT é contra a retirada de direitos e defende que a inclusão dos trabalhadores que atualmente não contribuem para a Previdência é o único caminho para se fazer justiça social, ao mesmo tempo em que garante a futura saúde financeira do sistema.

Ocupação do Congresso Nacional - no dia 4 de julho, lideranças da CUT vindas de todas as regiões do Brasil vão realizar a chamada Ocupação Pacífica do Congresso Nacional. Percorrerão gabinetes e comissões com o objetivo de pressionar os parlamentares a votarem a favor de interesses da classe trabalhadora. O tema da atividade é 'Vote com a CUT'. Veja os pontos que a CUT irá defender na Ocupação Pacífica:

- contra a emenda 3 e a favor do veto presidencial;
- pela retirada do PLP 01/07;
- pela negociação coletiva no setor público;
- pelo direito irrestrito à greve no setor público;
- por uma Previdência Social Pública, universal e sem retirada de direitos;
- por uma educação pública de qualidade

Durante a Ocupação, os dirigentes cutistas também vão lembrar aos parlamentares que aqueles que votarem contra esses pontos serão alvo de campanha negativa em suas bases eleitorais - o que deve incluir a produção de cartazes com foto, nome e endereços dos deputados e senadores, sob a alcunha de 'traidores'. A campanha vai incluir também protestos de rua.

Panfletagem pró-Previdência - no mesmo dia 4, ao final da tarde, as lideranças e militantes vão distribuir um jornal produzido pela CUT que defende as posições históricas a favor de uma Previdência pública e universal, sem retirada de direitos e com a inclusão dos trabalhadores que atualmente estão fora do sistema.

O jornal será distribuído na Rodoviária da capital do Distrito Federal, no horário de pico, com o objetivo de divulgar a mensagem para os trabalhadores que estarão voltando para casa após mais uma jornada de luta.

Com linguagem popular, o jornal pretende explicitar as posições que a CUT defende no Fórum Nacional da Previdência e obter apoio da opinião pública. A panfletagem em Brasília vai marcar o lançamento do jornal - que também será distribuído em São Paulo nesta semana, através de mutirão com diversos sindicatos. O jornal também será disponibilizado na página da CUT para ser reproduzido e distribuído em todo o país.

Por: CUT

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente