Boa tarde! Hoje é terça-feira, 27/10/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


Metalúrgicos querem reposição das perdas (9,83%), mais aumento real de 2%
05/05/2016

Embora a maioria dos sindicatos metalúrgicos gaúchos reivindiquem apenas a reposição das perdas salariais causadas pela inflação entre maio de 2015 e abril de 2016 - 9,83%, segundo o acumulado do INPC informado pelo IBGE, a categoria metalúrgica de Sapiranga, Araricá e Nova Hartz quer a inflação, mais um aumento real de 2%.
“Decidimos reivindicar na assembleia geral do dia 20 de abril a reposição integral das perdas, mais um aumento real por três motivos: primeiro, porque é preciso melhorar a média salarial reduzida por conta do arrocho imposto entre outros motivos pela alta rotatividade de pessoal, afinal, muitos patrões demitem trabalhadores com salários mais altos e, em seu lugar, contratam trabalhadores na mesma função ganhando menos. Em segundo lugar, porque os patrões e seus lacaios no Congresso nacional e no Judiciário conseguiram derrubar a presidenta Dilma e agora precisam dar a sustentação que o presidente conspirador e golpista Michel Temer precisa para reaquecer a economia. E economia com trabalhador ganhando miséria não consegue ser aquecida. E, em terceiro lugar, o fator Sartori, governador apoiado pela classe patronal e que turbinou a inflação aqui no RS ao ter elevado em mais de 7% impostos sobre a gasolina, energia elétrica, telefonia e outros produtos importantes da economia gaúcha”, argumentou o presidente do sindicato, Mauri Schorn. Além do mais, diz ele, a classe trabalhadora está cansada de pagar o pato sozinha.
Além de reajuste salarial, a categoria desta base metalúrgica quer voltar a discutir a redução da jornada de trabalho, sem redução salarial, e a manutenção de todas as cláusulas sociais da atual Convenção Coletiva de Trabalho (que muita gente erroneamente chama de dissídio coletivo). “Não vamos permitir a redução de direitos, nem aqui, nem lá em Brasília”, afirmou Mauri Schorn.

Por: Assessoria de Comunicação

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente