Boa tarde! Hoje é terça-feira, 20/10/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


Dilma Rousseff: Empresas sofrerão ajustes, mas Brasil não entrará em recessão
04/12/2008

Ao comentar as demissões da companhia Vale do Rio Doce, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse que o mundo está em um processo de desaceleração econômica, mas que "isso não significa que o Brasil vai entrar em recessão ou em uma crise profunda". Ela acrescentou que vão acontecer mesmo alguns processos de férias coletivas, como já está havendo e "nós esperando é que esta recomposição ocorra".

- As empresas que têm uma dependência maior das exportações vão ter um processo de ajuste mais difícil, mas nós apostamos que no Brasil nós consigamos dar um centro de gravidade para este momento sustentando através do mercado interno o nível de atividade econômico - disse a ministra, completando que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) significa um dos importantes instrumentos anticíclicos do governo.

Por: Jornal O Globo

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente