Boa tarde! Hoje é quinta-feira, 22/10/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


Ninguém fica parado no programa Férias Ativas em Sapiranga
08/01/2009

Se a maioria das crianças conta os dias para terminarem as aulas e tirar férias, os alunos da rede municipal de Sapiranga não viam a hora da escola funcionar novamente. Terça-feira, 960 crianças com idades entre 7 e 15 anos participaram do primeiro dia de aula do Férias Ativas, um projeto da Secretaria Municipal de Educação (Smed) que oferece uma série de atividades durante o recesso escolar. No Centro Municipal de Educação Doutor Décio Gomes Pereira, ocorreram oficinas de arte, capoeira, dança e voleibol.

A aluna do 2.º ano do ensino fundamental Cassiana Maria da Silva, 7 anos, jogou vôlei e diz que adora brincar com os amigos. “Se eu não estivesse aqui, estaria em casa fazendo nada”, conta. O coordenador, Jari dos Santos, explica que muitas crianças não podem fazer passeios durante as férias ou porque os pais trabalham ou por falta de condições financeiras. “É justamente para atender a esse público que o projeto existe. Principalmente para os adolescentes, que encontram opções de lazer perigosas na rua”, salienta.

O estudante do 5.º ano do ensino fundamental Claiton Freitas, 10, não vê a hora de fazer aula de música. “Tenho um teclado guardado na minha casa e quero aprender a tocar”, avisa Freitas, que participa do projeto pela segunda vez e avalia que é uma oportunidade de aprender coisas diferentes.

O Férias Ativas, que está na terceira edição, promove oficinas de basquete, futsal, capoeira, xadrez, informática, música, voleibol, artes, recreação e dança. Para esse ano, a novidade é o uso das piscinas recreativas, duas vezes por semana. Cada uma das seis escolas participantes recebe 160 crianças de segunda a quinta-feira, das 13h30 às 18 horas. “Os alunos participam de todas as oficinas, obedecendo uma tabela de horários, divididos por idade”, diz Santos, salientando que quando o projeto se iniciou, em 2007, eram duas escolas participantes. Em 2008, o número subiu para quatro e, esse ano, passou a ocorrer em seis instituições.

Por: Jornal NH

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente