Boa noite! Hoje é terça-feira, 20/10/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


Crise financeira pauta congresso estadual da CUT-RS
18/06/2009

Setecentos delegados definem entre os dias 19 e 21 as bandeiras e a atuação da Central Única dos Trabalhadores (CUT) gaúcha para os próximos três anos. Efeitos da crise financeira mundial e as denúncias de corrupção no governo Yeda Crusius devem priorizar os debates. Trabalhadores também escolhem a próxima diretoria da CUT/RS.

Os efeitos da crise financeira mundial para os trabalhadores e as denúncias de corrupção e a política do governo de Yeda Crusius devem concentrar os debates do 12º Congresso Estadual da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Cerca de 700 delegados eleitos em seus sindicatos de base irão participar do encontro que inicia na sexta-feira (19) e prossegue durante todo o final de semana na praia de Mariluz, em Imbé, no Litoral Norte.

No 12º Cecut, os trabalhadores definem as bandeiras prioritárias, as ações da central para os próximos três anos e estratégias para um período mais prolongado. O presidente, Celso Woyciechowski, avalia que o congresso acontece em um momento político importante. "O congresso, nesse momento, é extremamente importante porque além de fazermos a reflexão de mudança desse modelo sócio-econômico, para também construirmos possibilidades de alternativas para buscarmos essa construção de um novo modelo social e econômico para o mundo do trabalho e para a sociedade. Além disso, vivemos no RS um momento de grande turbulência política. Os trabalhadores precisam dar sua opinião", diz.

No domingo, dia 21, último dia do congresso, os delegados elegem a nova diretoria que irá comandar a CUT nos próximos três anos. Até o momento, duas chapas estão inscritas: a da Articulação Sindical, liderada por Celso, que tenta reeleição, e a CUT Socialista e Democrática, que tem como candidato à presidência Mauro Salles, que atualmente integra o Sindicato dos Bancários de Porto Alegre. As inscrições podem ser feitas até às 10h do dia da eleição. No congresso, também serão eleitos delegados para representar a central gaúcha no 10º Congresso Nacional da CUT, que acontece em Agosto em São Paulo.

Atualmente, a CUT gaúcha possui mais de 300 sindicatos filiados, mas 255 estavam em dia e puderem eleger delegados. As organizações representam em torno de 1 milhão de trabalhadores do estado.

Por: CUT - Central Única dos Trabalhadores

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente