Boa tarde! Hoje é terça-feira, 11/08/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


Denúncias de assédio moral no Brasil crescem 70% em cinco anos
24/12/2009

Raiva, medo, humilhação. São estes os sentimentos de uma pessoa que sofre assédio moral, situação que ocorre quando um superior expõe o subordinado a situações humilhantes e constrangedoras na jornada de trabalho. Segundo o Ministério do Trabalho, o número de denúncias cresceu 70% nos últimos cinco anos.

O problema é quando esta conduta afeta a saúde do trabalhador, chegando ao ponto de causar uma depressão. Segundo a psicóloga Suzana Contieri, há vários sintomas que um funcionário assediado normalmente sente.

"A pessoa pode apresentar variados sintomas desde dor de estômago, enxaqueca, náusea, dores musculares, palpitações até o medo de encontrar com o agressor", afirmou.

O descaso de algumas empresas com a saúde de seu funcionário também é um problema. Celina Gomes é intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais) e trabalhou em uma faculdade na zona sul de São Paulo.

Ela precisou ficar afastada do trabalho por ter tido a visão prejudicada.

Como já sofria de miopia, perdeu cerca de 90% da visão por trabalhar em um local mal iluminado.

"Quando fui pedir a licença para a minha coordenadora, ela me ameaçou de demissão. Tanto que me mandaram embora por justa causa", disse. Gomes está a dois anos na justiça para reaver a situação.

Mais de mil trabalhadores entraram no Ministério Público de São Paulo contra assédio moral sofrido nas empresas em que trabalhavam nos últimos meses.

A explicação foi a crise financeira mundial, que ocasionou redução de empregos. O trabalhador, temendo ser demitido, se submete às humilhações provocadas por gestores.

No site www.assediomoral.org há dicas de como denunciar o agressor, além de notícias sobre o assunto.

O crime de assédio moral precisa ganhar status legal e principalmente político. É inaceitável que assediadores continuem impunes, livres para praticar crimes novamente - às vezes ocupando postos de onde se proclamam democratas e combativos.

Por: Blog O Outro Lado da Notícia

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente