Bom dia! Hoje é sábado, 08/08/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


FSM: Educação Planetária para Uma Vida Sustentável é o tema central dos debates em Sapiranga
14/01/2010

A Cidade das Rosas e do Voo Livre, como é conhecida Sapiranga, será um dos seis municípios do Estado do Rio Grande do Sul que receberá o Fórum Social Mundial 10 Anos – Grande Porto Alegre. Evento que reunirá intelectuais, educadores, governantes, sociólogos, escritores, políticos, líderes comunitários e de movimentos sociais dos quatro continentes, nos dias 26, 27 e 28 de janeiro, para debater o tema: Educação Planetária para Uma Vida Sustentável. O evento será realizado no Parque do Imigrante, no centro de Sapiranga, onde uma estrutura coberta de mais de cinco mil metros quadrados abrigará quatro conferências, aproximadamente 15 salas de debates, imprensa nacional e internacional, restaurante, pontos de lanche, estandes de editoras e atividades culturais. Em Porto Alegre, o FSM se estenderá de 25 a 29 do mesmo mês.

Com o objetivo de ser um espaço internacional para a reflexão e a organização de todos que se contrapõem à globalização neoliberal, o FSM – que descentralizado ocorrerá também em Canoas, São Leopoldo, Novo Hamburgo, Gravataí, além de Porto Alegre e Sapiranga – mantém inscrições abertas para participantes até dia 15 de janeiro no site: www.fsm10.org. Inscrições para a cobertura jornalística estarão disponíveis nos próximos dias, neste mesmo site. Dos participantes será cobrado R$ 20,00 para o custeio da sacola personalizada do FSM e materiais impressos.

Programação – Uma reunião do Comitê de Organização do FSM em Sapiranga, realizada semana passada sob o comando dos secretários municipais Deoclécio Grippa (Planejamento Urbano) e Cleidi do Prado (Educação), definiu parte da programação que se inclui no tema: Educação Planetária para Uma Vida Sustentável. Desta forma, o evento na Cidade das Rosas será aberto às 13h do dia 26 de janeiro (terça-feira), no Parque do Imigrante, para o credenciamento que se encerrará às 19h. Posteriormente, haverá uma acolhida cultural. Na mesma noite ocorre a Conferência: Educação e Desenvolvimento Sustentável. Para esta atividade é aguarda a confirmação do doutor em sociologia Boaventura Sousa dos Santos.

Das 9h às 12h do dia 27 de janeiro, no Pavilhão 1, será realizada a Conferência: Educação Popular e Políticas Públicas – Experiências Internacionais. Atividade é gestionada pelo Conselho de Educação de Adultos da América Latina (CEAAL). A coordenadora da Mesa será a secretária de Educação de Sapiranga, Cleidi do Prado. Confirmou presença nesta atividade os intelectuais Roberto Espinosa (Peru) e Pedro Santana (Colômbia). Esta conferência será seguida do debate: Diálogo entre Gestores sobre Perspectivas e Desafios de Experiências Locais, com a presença da socióloga, feminista e ativista política Lilian Celiberti (Uruguai), do presidente do CEAAL e coordenador da Escola de Cidadania do Instituto Pólis, Pedro Pontual (Brasil), e da doutoranda em Educação de Jovens e Adultos (EJA), Liana Borges (Brasil). O coordenador da mesa será o filósofo e ex-deputado gaúcho Selvino Hech.

No período da tarde do dia 27, isto é das 15h às 18h, se iniciam as Salas Temáticas. No Pavilhão 2B, o tema é: Ações e Formação de Redes de Apoio ao Desenvolvimento da Economia Solidária. No Pavilhão 2C, em debate Educação, Ética, Inclusão, Diversidade e Cidadania. Para esta atividade está confirmada a coordenadora-geral de Diversidade do MEC, Leonora Franco de Araújo, a literária Terezinha Juraci (Brasil) e Marcos Carrizo (Argentina).

No Pavilhão 3B, o tema debatido será Costurando Saberes e Experiências das Mulheres: Uma Perspectiva Histórico-teológica. No 3A, a Universidade Aberta: Democratização do Ensino. No Galpão Crioulo, Escolas Irmãs. É aguardada a confirmação dos nomes dos convidados também para estes debates.

No dia 28 de janeiro (quinta-feira), das 9h às 12h, no Pavilhão 1, será a vez da Conferência: Mudanças Ambientais e o Desafio de Uma Era Sustentável. Na tarde deste mesmo dia, mais precisamente das 15h às 18h, seguem as Salas Temáticas. No Pavilhão 3A, o tema em destaque é Universidade Aberta – Políticas Públicas com Qualidade através das IFES. No Pavilhão 2C, o debate trabalhará o tema Poder, Política e Educação. No Pavilhão 3B, Educação Tecnológica: Um Processo Amplo e Democrático. No Pavilhão 2B, África Aberta – Diversidade Cultural será tema da mesa que contará com a presença de Terezinha Juraci e Bárbara Rosa (Brasil) e Samba Sanê (Guiné Bissau). No Galpão Crioulo, o tema será Escola de Sucesso. E nas salas de 6 a 10, serão as Atividades Autogestionadas. O encerramento do FSM em Sapiranga ocorrerá a partir da 21h, com atividade culturais.

Por: Boletim Notícias Para Todos - Prefeitura de Sapiranga

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente