Bom dia! Hoje é quinta-feira, 22/10/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


Dilma sobe 13 pontos, Serra cai 3, diz pesquisa CNI/Ibope
17/03/2010

Segundo a pesquisa divulgada nesta quarta-feira pelo IBOPE, mais da metade dos brasileiros (53%) prefere votar no candidato apoiado pelo presidente Lula.

A pré-candidata do PT à Presidência da República, a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), está 5 pontos porcentuais atrás do governador de São Paulo e possível candidato do PSDB, José Serra, na mais recente pesquisa CNI/Ibope, divulgada nesta quarta-feira, 17. Embora o tucano continue à frente da ministra na corrida pelo palácio do Planalto, com 35% das intenções de votos, Dilma chegou a 30%, 13 pontos porcentuais a mais do que na última pesquisa CNI/Ibope, divulgada em dezembro, quando tinha 17%. O tucano, que no levantamento anterior tinha 38%, perdeu três pontos, um a mais do que a margem de erro, que é de 2 pontos porcentuais para cima ou para baixo. Ainda assim, ele mantém a vantagem em todas as simulações de segundo turno.

O levantamento foi feito entre os dias 6 e 10 de março, com 2002 entrevistas em 140 municípios. A margem de erro é de dois pontos porcentuais, para mais ou para menos. No cenário com o deputado federal Ciro Gomes (PSB), a pesquisa mostra Serra em vantagem com 35% e Dilma com 30%. O deputado tem 11% e a senadora Marina Silva (PV), 6%. Sem a participação de Ciro na pesquisa estimulada, Serra tem 38% e Dilma, 33%. Marina aparece com 8%. Do total de entrevistados, 10% disseram que vão votar em branco, nulo ou em nenhum dos candidatos e 8% informaram que não sabem ou não responderam à pesquisa.

Com o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB) no lugar de Serra, Dilma lidera a pesquisa com 34%, seguida por Ciro (21%). O mineiro aparece em terceiro, com 13%, enquanto Marina continua com 8%.

A pesquisa Ibope indica que Serra continua à frente, mas a diferença com Dilma diminuiu 16 pontos porcentuais, passando de 21 pontos em dezembro pra 5 em fevereiro. Dilma tinha 17% das intenções de voto em dezembro e Serra 38%. Agora ela tem 30% e ele 35%. Dilma cresceu 13 pontos porcentuais e o Serra perdeu 3 pontos porcentuais.

Por outro lado, o tucano manteve a vantagem em todas as simulações do segundo turno. Em uma possível disputa com a ministra Dilma, o tucano vence por 44% a 39%.

Serra tem o menor índice de rejeição (25%). O índice de rejeição da ministra caiu de 41% para 27% desde dezembro, enquanto para Ciro e Marina caiu de respectivamente 33% para 28% e 40% para 31%. A candidata do PV e Aécio têm os porcentuais de rejeição mais altos entre os candidatos.

Fator Lula

Segundo a pesquisa divulgada nesta quarta-feira pelo IBOPE, mais da metade dos brasileiros (53%) prefere votar no candidato apoiado pelo presidente Lula. Neste momento 58% dos entrevistados sabem que Dilma é a candidata do presidente. Na pesquisa espontânea, o presidente lidera com 20% e Dilma fica à frente de Serra (14% a 10%).

A avaliação positiva do governo Lula atingiu nível recorde de 75%. A maneira de governar é aprovada por 83% da população e 77% dos entrevistados confiam no presidente Lula, quase o mesmo porcentual de dezembro de 2009. A percepção de que o segundo mandato de Lula é melhor do que o primeiro atinge 49%. A aprovação da atuação do governo aumentou em seis das nove áreas pesquisadas. No entanto, a porcentual de desaprovação supera o de aprovação nas áreas de Saúde, Segurança Pública e impostos.

Houve queda de 12% na percepção de que o noticiário sobre o governo Lula é mais desfavorável. As notícias mais lembradas sobre o governo Lula foi a visita do presidente ao Haiti e Hillary Clinton no Brasil, com 12%.

Por: Jornal O Estado de São Paulo

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente