Boa tarde! Hoje é terça-feira, 20/10/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


Brasil é o quarto em número de mortes no trabalho
31/03/2010

De acordo com dados da OIT, referentes 2006, ocorrem anualmente 270 milhões de acidentes de trabalho em todo o mundo. Aproximadamente 2,2 milhões deles resultam em mortes. No Brasil, segundo o relatório, são 1,3 milhão de casos, que têm como principais causas o descumprimento de normas básicas de proteção aos trabalhadores e as más condições de trabalho.

Segundo o estudo da OIT, o Brasil ocupa o 4º lugar em relação ao número de mortes, perdendo apenas para a China, os Estados Unidos e a Rússia. Na década de 1970, o Brasil registrava uma média de 3.604 óbitos para 12.428.826 trabalhadores. Nos anos 1980, o número de trabalhadores aumentou para 21.077.804 e as mortes chegaram a 4.672. Já na década de 1990, houve diminuição: 3.925 óbitos para 23.648.341 trabalhadores. Segundo o médico do Trabalho do sindicato, Dr. Rogério Dorneles, de acordo com os dados de 2008, o trabalho no Brasil estaria produzindo hoje cerca de 765 mil acidentados. Destes, mais de 12 mil trabalhadores ficam incapacitados permanentemente para o trabalho e 2.750 morrem.

Por: Assessoria de Comunicação Social

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente