Boa tarde! Hoje é sábado, 08/08/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


Movimento sindical quer 14% de reajuste para o piso regional
06/04/2010

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) do RS e as demais centrais sindicais visitaram os gabinetes dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa, na manhã de quarta-feira, 7 de abril.

A comitiva visitou todos os parlamentares e apresentou a proposta de reajuste salarial de 14% e reivindicou a necessidade de uma política permanente de valorização do salário mínimo regional.

Quando foi criado, durante o governo Olívio, esse piso correspondia a 1.28 do salário mínimo nacional, algo em torno dos R$ 653,00 em valores de hoje. De lá pra cá, os governos Rigotto e Yeda desvalorizaram o piso, indo na contramão do governo Lula, que implantou uma valorização do salário mínimo.

Caso a proposta de reajuste de 14% seja aprovada, o piso regional do RS passará a valer R$ 633,91 (relativo à Faixa 4).

O assunto foi tema da plenária realizada após o Congresso dos Metalúrgicos da Federação. Cássio Calvete, técnico do Dieese, apresentou argumentos do quanto o piso regional é importante para a vida de uma significativa parcela de trabalhadores(as) gaúchos e para a economia do nosso estado. Também demonstrou preocupação sobre as mobilizações do movimento sindical para a conquista de um bom reajuste, até porque o Governo Yeda não tem interesse de valorizar o piso. Vai ser, portanto, uma árdua tarefa para todos nós arrancarmos um bom reajuste para o piso regional.

Por: Assessoria de Comunicação Social

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente