Bom dia! Hoje é quinta-feira, 29/10/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


Proposta para 42h de trabalho poderá ser encaminhada ao plenário
14/05/2010

Para a CUT, redução gradual é boa, mas a briga pelas 40 horas deve continuar.

Uma reunião com os líderes de todos os partidos na Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira, dia 13, deve decidir se o projeto de redução da jornada de trabalho sem redução de salários finalmente seguirá para plenário. A estratégia proposta pelo presidente da casa, Michel Temer (PMDB-SP), é de aprovar a redução em duas etapas: 43 horas em 2011 e 42 horas em 2012.

A proposta de Temer não implica incentivos fiscais, como queriam os empresários, mas também não impõe limitação a horas extras.

A CUT, explica seu presidente, Artur Henrique, entende que a proposta de redução gradual é boa, mas que a Central não se contentará com o limite de 42 horas. "Sair desse impasse atual, em que o Congresso não encaminha o projeto de redução, e conseguir 42 horas é uma vitória. Depois, continuaremos a briga pelas 40 horas", garante.


Por: Central Única dos Trabalhadores

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente