Boa tarde! Hoje é quinta-feira, 29/10/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


Apesar de nossa disposição de dialogar, negociações não avançam
20/05/2010

A pauta de reivindicações aprovada em assembleia geral foi repassada para o sindicato patronal no dia 20 de abril passado. Passadas mais de três semanas, tivemos a primeira negociação na quarta-feira, dia 12 de maio. Infelizmente, as discussões com os patrões não avançaram nada. Eles, como já é de costume, apelaram mais uma vez para a velha choradeira.

Por mais que as empresas estejam bem, produzindo, contratando, vendendo e faturando como nunca, fruto de um dos melhores primeiros quadrimestres que a economia brasileira já teve em sua história, os representantes patronais sempre vêm com aquela conversa mole dizendo que “a situação está difícil”, que as empresas ainda se ressentem das supostas dificuldades enfrentadas no ano passado, ainda estão se recuperando da crise etc. Cabe lembrar que, nos Estados Unidos, na Europa e Japão, a tal crise causou efeitos comparados a um Tsunami, mas aqui no Brasil foi comparada a uma “marolinha”, pois, antes mesmo do primeiro semestre de 2009, já tinha sido esquecida aqui em nosso país.

Alguns outros empresários também reconhecem que há uma euforia gerada a partir da estabilidade da economia nacional, mas que esta euforia não vai durar para sempre e que, portanto, têm que tomar decisões com os pés no chão, não olhar tanto para a conjuntura atual, mas para a conjuntura a médio e longo prazo.

Gozado é que, quando há crise, o discurso deles muda. Aí, pra tomar decisões tipo demitir, estabelecer acordos de turno, de compensação, de redução de jornada com redução salarial, de suspensão de contratos de trabalho etc, eles querem discutir a conjuntura atual. Dois pesos, duas medidas! Pelo jeito, estes empresários supostamente “pessimistas” não lêem jornais e não avaliam as análises positivas anunciadas pelos economistas desenvolvimentistas e monetaristas para a economia nacional.

Por: Assessoria de Comunicação Social

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente