Boa noite! Hoje é segunda-feira, 03/08/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


Em Canoas, metalúrgicos fecham acordo com reajuste de 8% nos salários e 10% nos pisos salariais
18/05/2010

As intensas mobilizações e a disposição de luta da categoria na base de Canoas e Nova Santa Rita, mais uma vez fizeram com que a classe patronal cedesse e apresentasse uma proposta passível de avaliação e aprovação em assembleia de trabalhadores. A categoria atendeu ao chamado do sindicato, mobilizou-se e deu o respaldo necessário nas mesas de negociação. O sindicato patronal foi incapaz de contrapor os argumentos do Sindicato dos Metalúrgicos, que usou o extraordinário quadro econômico atual para convencer os patrões de que este ano a velha choradeira não ia funcionar.

Na assembleia geral desta quinta-feira, 17 de junho, a categoria metalúrgica de Canoas e Nova Santa Rita aprovou a proposta de 8% de reajuste sobre os salários de maio/2009, sendo 7% retroativo a 1° de maio/2010 e 1% em 1° de setembro próximo. Este reajuste vale somente para os trabalhadores e trabalhadoras que ganham salários até R$ 3.267,00 mensais. Para quem ganha acima deste valor, o reajuste limita-se a 5,49% (inflação entre maio/2009 e abril/2010, segundo o INPC). Os metalúrgicos também aprovaram a proposta de reajuste de 10% sobre os pisos da categoria e ratificaram as cláusulas sociais da Convenção Coletiva fechada no ano passado, que estarão em vigor até o próximo ano.

AUMENTO REAL

Descontando a inflação (5,49%, segundo o INPC), o reajuste de 8% decretou aumento real de 2,38% sobre os salários de maio/2009.

VALORIZAÇÃO NOS PISOS

A aprovação de 10% nos pisos salariais fez com que os trabalhadores que recebem este que é o salário mínimo de nossa base metalúrgica um aumento real de 4,28%. Veja abaixo os novos valores dos pisos:

- Empresas com até 100 empregados ......................R$ 612,15
- Empresas com mais de 100 empregados ..............R$ 677,20

SALÁRIO DE APRENDIZ

O salário de aprendiz também teve majoração acima da inflação. O reajuste chegou a 10% (aumento real de 4,28%), passando a valer R$ 2,37 por hora.

Por: Assessoria de Comunicação Social - STIMMMEC

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente