Bom dia! Hoje é sexta-feira, 14/08/2020.
 
CUT Nacional
CUT RS
CNM/CUT
FTMRS
Gross & Klein


7º Congresso: metalúrgicos decidem e CNM/CUT lança Campanha Salarial Nacional Unificada
26/06/2007

Conforme decisão dos(as) 400 delegados(as) durante o 7º Congresso Nacional dos Metalúrgicos, a CNM/CUT lança no dia 27 de junho, a Campanha Salarial Nacional Unificada, com grandes atos em frente à FIESP e Sinfavea.
Além da FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e Sinfavea (Sindicato Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), a pauta de reivindicações da Confederação Nacional dos Metalúrgicos também será entregue a outros Sindicatos e Grupos Patronais.

A ação do próximo dia 27 é o marco para o início da Campanha pelo CCNT (Contrato Coletivo Nacional de Trabalho), que luta pela unificação das datas-base dos metalúrgicos para o mês de setembro. Os metalúrgicos também lutam pelo Piso Nacional de Salários, Redução de Jornada e Ampliação dos Direitos Sociais.

No ato da Paulista, que acontecerá pela manhã, os sindicatos filiados à CNM/CUT, além da FEM/CUT-SP, participam das manifestações. O presidente da FEM, Valmir Marques (Biro Biro), será o responsável pela entrega da pauta de reivindicações.

'São as ações do dia 27 que darão o pontapé inicial para a conquista da nossa grande meta: a conquista do Contrato Coletivo Nacional de Trabalho. Por isso é que neste momento histórico, a CNM pede o apoio não apenas dos sindicatos, mas de todos os metalúrgicos brasileiros', disse Carlos Alberto Grana, presidente da Confederação Nacional dos Metalúrgicos.

O secretário-geral da CNM/CUT, Valter Sanches, diz que se for preciso 'a categoria entrará em greve em todos os seus setores, até que façam valer os nossos direitos'. 'Os atos do dia 27, já serve como um alerta aos patrões', concluiu.

Por: Valter Bittencourt - Assessoria de Imprensa CNM/CUT

 
   
Rua Alberto Schmidtt nº 208 - Centro - Sapiranga/RS - Fone: 3599-1225 - e-mail: stmetal@gmail.com
Copyright © Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga :::
Expediente